21 de fev de 2011

Oração do Orientador Educacional
Fazei Senhor, com que eu esteja sempre disponível a colaborar com a construção de uma nova educação; Que eu tenha ouvidos para ouvir todos os que me procuram: cada pai, cada mãe, cada aluno, cada professor; Que eu desenvolva a capacidade de somar experiências e dividir conhecimentos, contribuindo para a construção de uma Escola mais humana; E que eu cale no momento adequado, treinando a minha habilidade de saber ouvir; Que eu mantenha um sorriso nos lábios e ofereça a todos que me procurarem dando-lhes o aconchego da alma; Só assim, Senhor Conseguirei ser um profissional eficiente e colaborador para com a minha comunidade e a educação na qual acredito. Amém!
Leila de Andrade

12 de fev de 2011

DINÂMICAS PARA O ESPAÇO ESCOLAR

DINÂMICA: NOMES E QUALIDADES (apresentação)
Objetivo: Conhecer os membros de um grupo e promover o conhecimento mútuo.
Material: Sala ampla, alunos em pé em círculo.
Procedimentos: Cada aluno dirá seu próprio nome acrescentando uma qualidade. Ex.: Meu nome é Ricardo e eu sou risonho. A qualidade deverá iniciar com a mesma inicial do nome da pessoa, mas a princípio isso não será dito; à medida que as pessoas se apresentam e falam a qualidade e esta não coincide com a inicial do nome, os demais alunos ou os que souberem do “segredo” vão dizendo que “não é”; O “segredo” só será revelado ao final.
DINÂMICA DE INTEGRAÇÃO: FEITIÇO(convivência saudável)
Objetivo: Estimular as relações de confiança e amizade entre as crianças.
Material: Tarjetas de papel em branco, canetas, alunos sentados e em círculo.
Procedimentos: Distribuir as tarjetas para as crianças; cada criança escreverá na tarjeta o que o seu vizinho da direita deverá fazer perante o grupo; o vizinho não poderá ver o escrito; depois que todos tiverem escrito, o professor falará que “o feitiço virou contra o feiticeiro”; agora cada um vai fazer aquilo que propôs para o companheiro fazer; analise, com o grupo, como a vida pode trazer surpresas e como são nossas atitudes diante delas; fazer um “gancho” falando sobre as coisas que acontecem diariamente na escola, durante o intervalo, na chegada, na saída da escola, fatos inesperados, como esbarrões, tropeções de um colega... e como reagimos; o que é correto fazer.
DINÂMICA DE INTEGRAÇÃO: O ABISMO(cooperação)
Objetivo: Favorecer o espírito de cooperação.
Material: Sala ampla, fita crepe, alunos em pé.
Procedimentos: Utilizando a fita crepe, marcar no chão duas faixas paralelas próximas representando um “abismo”; colocar todos os alunos do mesmo lado do “abismo”; explicar que deverão atravessá-lo de forma diferente, não podendo repetir o que já foi feito; ao final, restarão poucos para atravessarem o “abismo” e acharão que não tem outra forma de fazê-lo, pois todas as formas já foram mostradas; estimular, a partir daí, a ajuda do grupo no sentido de dar sugestões aos que ainda não atravessaram, promovendo uma vivência de estímulo e cooperação; quando todos tiverem atravessado, pedir que se sentem para refletir sobre a dinâmica.
Reflexão: Qual o sentimento daqueles que ficaram para o final? E o que sentiram quando os colegas começaram a ajudar na travessia? Como se sentiram ajudando os colegas? Promover outras reflexões.
DINÂMICA DE INTEGRAÇÃO: CAMINHADA DA CONFIANÇA(responsabilidade)
Objetivo: Sensibilizar as crianças sobre a importância de ter responsabilidade.
Material: Espaço aberto ou sala ampla, vendas de TNT escuro suficientes para todos os alunos.
Procedimentos: Dividir a turma em duplas; entregar uma venda para cada dupla; pedir que decidam quem vai ser o primeiro a usar a venda; explicar que o colega que está vendado deverá ser conduzido pelo seu par que poderá dar informações sobre o trajeto: escadas, declive, buraco...; depois de alguns minutos, inverter os papéis; ao final, iniciar uma reflexão sobre sensações e pensamentos que surgirão enquanto estava vendado depois quando conduzia o colega.
Reflexão: Como você se sentiria se seu condutor não agisse com cuidado e responsabilidade? Deixar que as crianças falem.
DINÂMICA: TEMPESTADE(descontração/acolhida para novo tema)
Objetivo: Promover a descontração dos alunos do grupo/assimilação ou discussão sobre um conteúdo/levantamento de conhecimento prévio sobre determinado assunto. Material: Sala ampla com cadeiras suficientes para cada aluno. Procedimentos: Pedir que todos os alunos fiquem sentados em círculo(não deverá sobrar cadeira vazia); explicar o jogo: “Vamos fazer uma viagem...nós vamos para o alto mar; lá ocorrem grandes e ondas; eu sou o capitão deste navio e estou atento. Toda vez que tiver uma grande onda do lado direito do navio eu avisarei e vocês deverão pular para a cadeira da direita; quando ocorrer uma onda do lado esquerdo, vocês pularão para a cadeira da esquerda e quando houver um sinal de tempestade e eu gritar “TEMPESTADE!”, todos vocês deverão trocar de lugar; nesse momento o professor retira uma cadeira e assim vai sobrar um aluno em pé que ficará atento para a próxima viagem do navio, para enfim procurar um lugar para sentar.
DINÂMICA: A MINHOCA(confiança/descontração)
Objetivos: Integrar a turma num momento de descontração/Proporcionar o estabelecimento da confiança entre os alunos e o professor.
Material: Sala ampla ou espaço aberto. Procedimentos: Peça a turma grupo que fique em pé e em círculo; oriente que formem uma fila indiana onde cada aluno deverá colocar as mãos sem soltar no ombro do colega da frente; peça que todos fechem os olhos e que o primeiro da fila, fique de olhos abertos e conduza o grupo pelo espaço disponível; caso o local permita, solicite ao condutor da fila que desça degraus, passe por portas e corredores, enfim tudo que possa sugerir “perigos” que serão vencidos pela confiança do grupo na pessoa que o conduz; sugerir a troca do condutor em algum momento durante o percurso; prosseguir a dinâmica pedindo aos alunos que digam como se sentiram sendo guiados pelos colegas; correlacione acerca da confiança que o grupo deposita no seu professor.
.
DINÂMICA: APRENDENDO O NOME(apresentação)
Objetivo: Integrar a turma, aprender e fixar o nome dos colegas.
Material: Sala ampla
Procedimentos: Solicite que o grupo, em pé, forme um grande círculo; a seguir, inicia-se o exercício: dê um passo à frente, diga seu nome de forma diferente; acompanhado de um gesto com as mãos, ou com todo o corpo, quando então, as pessoas do grupo repetem em coro o nome do professor e fazem o mesmo gesto; prosseguindo, a pessoa à direita do professor diz seu nome e cria um novo gesto. O grupo repete o nome e o gesto do colega, e assim sucessivamente, até todos se apresentarem.
DINÂMICA: ÁRVORE DAS QUALIDADES(auto estima)
Objetivo: Identificar qualidades e valores/Favorecer a descontração dos alunos/Conhecer e reconhecer qualidades nos colegas.
Material: Tronco de árvore confeccionado em cartolina, fita adesiva, flores previamente confeccionadas com miolo e cinco pétalas.
Procedimentos: Colar o tronco na parede ou no quadro; explicar que agora iremos pensar em qualidades que temos(explicar o que é qualidade); explicar que essas qualidades nos deixam felizes e fazem com que os outros também fiquem felizes com isso, amigos, professores, família; pedir que escrevam uma qualidade em cada pétala e no centro(miolo) o nome; após todos terminarem a parte escrita, iniciar a montagem da árvore, chamando um a um no painel, para colarem a flor, falando o nome e as qualidades que tem; ao final, fechar ressaltando que todos nós temos qualidades e elas devem ser preservadas para o nosso bem e nossa felicidade.

COMEÇANDO MAIS UM ANO DE TRABALHO...

Mais um ano de trabalho se inicia e com ele muitas expectativas, planos e projetos. Muita coisa planejada, talvez nem saia do papel e muitas outras brotarão de um dia para o outro e se concretizarão, mas o importante é que seja lá o que acontecer será muito bom e estou pronta...como sempre! Neste ano, mais uma vez vou dar o curso "Estatuto da Criança e do Adolescente: O papel do educador" pela EAPE(Escola de Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação). Fico feliz em contribuir.
Vou continuar postando no blog, aliás tenho recebido muitos recadinhos pedindo ideias e sugestões de trabalho...como já disse.....fico feliz em contribuir, porém gostaria de pedir que os colegas que necessitarem de alguma ajuda e colocarem seus pedidos no MURAL DE RECADOS, não esqueçam de deixar também o email para o meu retorno.
Vamos à luta! Mãos à obra!