27 de dez de 2008

SUGESTÕES DE ATIVIDADES

As dinâmicas a seguir podem ser sugeridas aos professores para serem realizadas nos primeiros dias de aula afim de apresentar a escola aos alunos, aproximar colegas de classe e contribuir para que todos se sintam acolhidos dentro do novo grupo. Primeiro dia de aula. A turma toda está na expectativa para saber quem será sua professora. Muitos alunos nunca se viram ou mal se conhecem. Para formar um grupo unido, bem relacionado e em sitonia com você, esqueça a velha tática de dar bom dia, fazer as apresentações e entrar no conteúdo. A aprendizagem está diretamente ligada à qualidade dos vínculos que a criança estabelece com os colegas e com o professor. A integração logo nos primeiros dias de aula traz a confiança e o bem-estar necessários aos estudantes. É importante também apresentar à classe os funcionários, dizer o que cada um faz e a quem pedir ajuda em situações diversas.
EDUCAÇÃO INFANTIL
1. COMO É MEU COLEGA - Diga à classe que todos vão ganhar um retrato. Pregue na parede uma folha de papel kraft da altura da criança. Posicione o aluno de modo que fique encostado na folha e, com um lápis, desenhe o contorno do corpo dele. Estimule a turma a dizer como é o cabelo, o rosto, se usa óculos, etc. Durante a atividade, repita muitas vezes o nome do aluno, para que os colegas memorizem. Faça o retrato de todos. Por fim, peça a um colega que desenhe o seu contorno, repetindo o processo de observação, para que as crianças também se familiarizem com você. Pendure os desenhos na parede e elogie o grupo. Nos dias seguintes, logo na entrada, pergunte à classe quem é cada um dos colegas desenhados e se ele está presente. Se estiver, ganha uma salva de palmas. Deixe os papéis expostos por algum tempo. É importante para que os pequeninos que suas produções permaneçam ali até eles se sentirem pertencentes ao grupo e ao ambiente.2. OS MATERIAIS QUE VAMOS USAR - Esconda na sala sacos ou embrulhos contendo materiais diversos que farão parte do cotidiano da meninada. Pode ser, por exemplo, livros, jogos, pincel, tesoura e outros tipos. Peça às crianças que procurem, em duplas, pelos objetos. Isso já estimula a cooperação entre elas. Oriente a busca dizendo quente, se o que procuram está perto, morno, se está a um distância média, ou frio, quando estiver longe. Depois que todos os pacotes forem encontrados, pergunte que atividades podem ser feitas com os materiais e aproveite para explicar melhor a função de cada um. Mostre como e onde eles ficarão guardados, chamando a atenção para a importância de manter o ambiente de trabalho sempre bem organizado.
3. MEU NOME É... - Faça crachás com o nome das crianças e coloque no chão da sala, no meio de uma roda. Peça que cada uma identifique seu nome. Incentive o reconhecimento das letras iniciais, conte quantas letras compõem cada nome e faça com que elas percebam letras iguais em nomes diferentes. Quando todas já estiverem com crachá, comece um gostoso bate-papo sobre as preferências de cada um quanto a um tema predeterminado(como alimentos, brincadeiras, objetos ou lugares). Agrupe as crianças de acordo com as afinidades. Na etapa seguinte, peça aos alunos que desenhem aquilo que gostam em uma folha e coloquem o nome. Quem não souber escrever sozinho pode copiar do crachá. Depois de prontos, os desenhos são mostrados aos colegas e, em seguida, expostos no mural. Com os alfabetizados, a dinâmica é a mesma, mas além de desenhar, eles podem fazer uma lista de suas preferências.
1º AO 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
Fonte: texto adaptado da revista Nova Escola - Edição 176/2005

ENFIM, MAIS UM ANO DE TRABALHO SE PASSOU!!!

Chegamos ao fim de mais um ano letivo de efetivo trabalho na escola. Passamos o ano resolvendo problemas com pais, alunos e professores; pequenos conflitos e grandes também; orientando, sugerindo e refletindo, colocando a mão na massa, desenvolvendo projetos, conquistando e fortalecendo o espaço da orientação educacional dentro do ambiente escolar. O trabalho foi grande, árduo e muitas vezes penoso pela falta de reconhecimento. Mas estamos aqui: firmes, fortes e preparados para encarar mais um desafio que virá no ano de 2009: Coordenar o grupo de orientadores educacionais da DRE Ceilândia. Além de muito tabalho, tenho certeza que será muito prazeroso dividir os mesmos problemas, falar a mesma linguagem, falar com conhecimento de causa, apoiar colegas de profissão, subsidiar o trabalho de novos colegas, enfim, um atividade nova e cheia de aprendizados. Estou revigorada para esta nova missão de somar conhecimentos e dividir experiências. Que venha 2009!!!

8 de nov de 2008

Recados e Imagens - Blogs - Orkut Recados, Gifs e Imagens no Glimboo.com

30 de out de 2008

OFICINA - TEMA: CONVIVÊNCIA

Olá!
Mais uma vez arranjei um tempinho para postar algo p/ vcs. A oficina abaixo faz parte do Projeto Compartilhando Valores na Escola, idealizado e realizado por mim no ano de 2006. O Projeto foi vencedor no 2º lugar do Prêmio ao Orientador Educacional 2006 realizado pela SEE/DF e EAPE. Amei fazê-lo. Aproveitem. OBS.: PARA VIZUALIZAR MELHOR CLIQUE EM CIMA DA IMAGEM.

19 de ago de 2008

ATENÇÃO!

OLÁ PESSOAL!
ALGUMAS PESSOAS ESTÃO ME PERGUNTANDO COMO E ONDE ACHAR O VÍDEO "ESCOLHAS"(SUGERIDO ABAIXO). VOCÊS PODERÃO ENCONTRÁ-LO NO www.youtube.com.br. NA BARRA DE PESQUISA VC DIGITA ENTRE ASPAS "VOCÊ É O RESULTADO DE SUAS ESCOLHAS". PARA BAIXAR O VÍDEO NO SEU COMPUTADOR VC VAI PRECISAR DO PROGRAMA atubecatcher, OK?
UM ABRAÇO!

24 de jul de 2008

VÍDEO ACOMPANHAMENTO ESCOLAR

VÍDEO AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

RENOVANDO AS FORÇAS

Oração do Orientador Educacional
Fazei Senhor, Com que eu esteja sempre disponível a colaborar com a construção de uma nova educação; Que eu tenha ouvidos para ouvir todos os que me procuram: Cada pai, cada mãe, cada aluno, cada professor; Que eu desenvolva a capacidade de somar experiências e dividir conhecimentos, contribuindo para a construção de uma Escola mais humana; E que eu cale no momento adequado, treinando a minha habilidade de saber ouvir; Que eu mantenha um sorriso nos lábios e ofereça a todos que me procurarem dando-lhes o aconchego da alma; Só assim, Senhor Conseguirei ser um profissional eficiente e colaborador para com a minha comunidade e a educação na qual acredito. Obrigada!
Leila de Andrade(OE EC 21 de Ceilândia)